Is Only Love #25

|| ||
             Foi só eu e o Harry trocarmos mensagens no twitter que veio mil xingamentos, subiram duas tags “#DarryIsPerfect” e outra  “#HarryIsTheBestSingle”. Eu abri primeiro o a tag #DarryIsPerfect, as mensagens era fofas as pessoas nos apoiando.

“#DarryIsPerfect, a @Duda_RayXx é muito fofa, e eu amo os dois juntos, ela faz o nosso Harry feliz”

“#DarryIsPerfect ela é perfeita e combina com o Harry, DARRY FOREVER”

“Eles são fofos e eu shippo! #DarryIsPerfect”

             Agora é a hora de abrir a outra tag, a que eu mais temo.

“#HarryIsTheBestSingle relaxem meninas, os namoros do Harry só duram três meses.”

“#HarryIsTheBestSingle isso é verdade, ele é bem melhor solteiro, melhor solteiro do que essa gorda feia.

“#HarryIsTheBestSingle @Duda_RayXx eu vou te matar, Harry não te merece”

             Chega! Eu não posso com isso, amo demais o Harry, pessoas apoiam e pessoas não apoiam, mesmo com os comentários ótimos eu fico triste porque estou sendo criticada, eu amo o Harry queria que elas entendessem isso. Então eu decidi falar alguma coisa sobre isso: “Eu estou cansada de criticas ruim, eu amo o Harry e não vai ser por isso que iremos terminar, #DarryIsPerfect XoXo”, “Tentam entender isso eu estou fazendo o Harry de vocês felizes, só peço isso me entendam, eu sou uma garota como vocês”, “Harry é apenas um menino normal, ele também merece namorar e ser feliz, entendam. Harry viu as mensagens e postou também sobre isso “Vocês não sabem como é ruim, ver a pessoa que você ama sendo criticada.” , “Não falem assim da Duda eu a amo, apoiem #DarryIsPerfect”. Eu acho que isso apenas complicou mais ainda. Eu postei “@Harry_Styles não se preocupe com isso, deixa isso para lá, vamos ser só nós dois e esqueceremos o mundo” ele respondeu “@Duda_RayXx você tem razão, te amo minha linda.” Eu respondi “Te amo muito @Harry_Styles” e ai encerramos o amor todo. Harry me ligou e eu me levantei para atende-lo.

LIGAÇÃO ON

- Harry! – Eu falei toda animada.
- Amor como você está?
- Melhor agora falando com você. – Eu sorria de ponta a ponta da orelha.
 - Estou melhor sabendo que você está bem. Não ligue para os comentários, por favor. – Ele falou fofamente como sempre.
 - Não Harry, eu até entendo, mas não precisa ficar contra suas fãs, você delas antes de ser meu.
 - Amor, eu fico feliz por saber que você está superando essa situação, mas eu não quero que você sofra por causa disso. – Meu Deus como a voz do Harry é gostosa.
 - Eu estou sofrendo por está longe de você, eu não vou ligar para o que elas falam, mas tem coisas que machucam de verdade Harry. – Eu falei suspirando.
 - Eu sei, mas pelo menos algumas gostam de você.
 - Harry tem como você fazer um favor para mim? – Falei com voz de pidona.
 - Tudo o que você quiser.
 - Então, a ex do meu pai tem uma filha directioner, e eu até gostava dela, antes dela me xingar no elevador. – Eu falei e o Harry soltou uma gargalhada gostosa. 
 - Sim, mas o que eu posso fazer?
 - Quando você voltar, você pode levar um presente para ela, eu mesmo compro é só você entregar, ela te ama muito, eu me senti culpada por ter te roubado dela. – Falei sorrindo.
 - Sim amor, eu faço isso sim, só você está do meu lado, caso ela for daquelas fãs que agarram, rasgam a roupa e coisas do tipo.
 - Pode deixar, eu não irei deixar aquela pirralha te matar. – Falei sorrindo.
 - Está fazendo o quê? – Ele perguntou.
 - Estou no shopping com a Cindy e a Andrielle, hoje vamos ver o Buffet do casamento.
 - Eu te tirei delas. – Ele falou sorrindo.
 - Pois é, mas eu estou com saudades... De noite você me liga, ou quando você puder, eu atendo até de madrugada.
 - Claro te ligo, depois do show, porque eu também vou está ocupado. Mas eu te ligo, eu estou com muitas saudades.
 - Te amo Harry. – Eu falei e ele pareceu sorrir.
 - Eu amo quando você fala que me ama. – Ele falou sorrindo. – Eu te amo minha princesa, eu te amo demais.
- Somos muito melosos, chega não gosto de melação. – Falei e ele gargalhou.
- Está bem, desliga primeiro.
- Eu vou desligar na sua cara então. – Falei e ele gargalhou de novo, que sorriso mais gostoso.
 - Eu sabia que você iria falar isso. Então beijos, eu te amo.
 - Tchau Harry. – Eu falei e desliguei o telefone.
             Falar com o Harry é a melhor coisa do mundo, ainda mais saber que ele está do meu lado com isso tudo acontecendo. Eu não tenho nada contra as directioners, mas é chato, milhões de meninas me xingando sendo que eu tenho nem a metade de pessoas me defendendo. Mas está tranquilo, a única coisa que eu ponho na minha cabeça é que o Harry está comigo.
             Eu voltei para a mesa e a Andrielle e a Cindy estavam vendo a confusão no twitter.
 - Que barraco em menina. – A Cindy falou.
 - Nem fala, é um saco essas meninas, mas eu me mantenho tranquila pelo Harry. – Eu falei me sentando.
 - É normal eu já até me acostumei, nem liguei cara. – A Andrielle falou.
 - Andrielle porque é você, eu já sou toda estourada.
 - Você é como uma bomba Duda, pronta para estourar a qualquer momento. – A Cindy falou.
 - Verdade mãe. – A Andrielle falou e eu apenas sorri. Todos tem essa ideia de mim, mas eu sou assim com o pavio curto. Minha personalidade é forte demais para aturar certas coisas.
 - Vamos meninas? – A Cindy falou se levantando. Eu e Andrielle nos levantamos e fomos com ela.
             Chegamos ao famoso Buffet que Cindy tanto falou. Era tanto bolo que meu estomago embrulhou, o sorvete estava voltando.
 - Duda qual sabor você acha melhor para o bolo? – Cindy perguntou.
 - Que tal baunilha com recheio de chocolate? – Eu dei a sugestão.
 - Ótima ideia. Tem como a gente provar? – A Cindy perguntou para a mulher que estava nos atendendo. A gente estava vendo os pratos, talheres, copos taças, mil coisas de casamento, eu nunca pensei que casar desse tanto trabalho assim.
 - Ai Duda, eu não vejo a hora de eu casar com o Liam. – Andrielle falou sonhadora.
 - Pois é. – Eu respondi.
 - E você pensa em casar com o Harry? – Ela perguntou.
 - Ainda é cedo para falarmos sobre isso. – Eu respondi verificando a taça que a Cindy estava vendo.
 - Essa é linda né meninas? – Ela perguntou.
 - Sim essa, é perfeita. – Eu respondi.
 - Aqui estão as amostras do bolo. – A atendente chegou com uma bandeja com três fatias de bolo. Pegamos e começamos a provar.
 - Delicioso. – A Andrielle e a Cindy falaram juntas praticamente. Meu estomago estava no embrulho, como eu iria provar o bolo? Como eu iria recusar o bolo? Meu Deus eu acho que vou...
 - Já volto, é uma emergência! – Eu falei correndo para o banheiro, meu estomago não aguentou e eu tive que vomitar, eu entrei no banheiro e não segurei, eu vomitei.
 - Duda você está bem? Vou te ajudar calma. – Era A Andrielle, ela se agachou do meu lado e prendeu meu cabelo. - Nossa cara será que foi o bolo? – Ela perguntou.
 - Não eu já estava enjoada antes. – Eu respondi me levantando e dando descarga.
 - Você agora vive enjoada né? – Ela perguntou. Eu me olhei no espelho, eu estava completamente pálida.
 - Estanho, eu nunca fui disso. – Eu falei fazendo gargarejo com água mesmo. – Que maneiro agora tudo que eu comi foi para o esgoto. – Eu falei e peguei chicletes de menta na minha bolsa. Comecei a mastigar tudo, não iria ficar com gosto de vomito na minha boca.
 - Está melhor? – A Andrielle perguntou antes de sairmos do banheiro.
 - Sim só que com fome. – EU respondi.
 - Você não vai comer nada antes de irmos ao médico. – Ela falou.
 - Cara eu só vomitei, eu comi batata com caramelo, isso não me fez mal, foi apenas isso, eu vou pedir outra fatia de bolo. – Eu falei saindo do banheiro.
 - Duda o que houve? – Era a Cindy.
 - Só estou enjoada. – Respondi me sentando.
 - Você e o Harry usam camisinha, você toma anticoncepcional? – Era a Andrielle perguntando.
 - Por acaso você acha que eu estou grávida? 
 - Vai saber né? – A Andrielle falou.
             Mas é claro que não estou grávida, é que eu estou comendo muito, apenas isso. Gravidez eu acho que não, minha menstruação é toda desregulada e a minha tia que é medica disse que eu posso ter dificuldade de engravidar, se isso acontecer vai ser algo muito inesperado.
 - Duda eu não vou dar nada para você comer porque antes vamos passar na farmácia comprar um remedeio de enjoo que eu sempre compro para a Andrielle. – A Cindy falou.
 - Se meu pai souber disso ele vai me internar, vai me mandar fazer até endoscopia, um espirro ele fica desesperado querendo me levar ao médico.
 - É normal, ele é pai, ele é homem, homens são assim. – A Cindy falou.
 - Verdade, meu pai quase morre quando eu estou doente. – A Andrielle falou.
 - Imagine o meu que é sozinho. – Eu falei.
 - Agora você tem a mim. – A Cindy falou sorrindo. – Eu já te amo como uma filha.
 - Eu te amo como uma mãe. – Falei sorrindo.
             Depois disso fomos à farmácia e compramos o remédio e voltamos para casa. Como eu falei meu pai queria me internar pelo fato de eu ter vomitado no Buffet, mas eu estou me sentindo bem. Eu apenas queria um banho nesse fim de tarde de Londres. Subi para o meu quarto peguei uma roupa confortável para usar.

 - Duda! – Era a Andrielle gritando.
 - Fala! – Eu respondi.
 - Você tem pinça, preciso fazer minha sobrancelha. – Ele falou.
 - Está na segunda porta do meu armário. – Eu respondi. Continuei tomando meu banho calmamente, pensando no Harry em como ele é lindo e perfeito, como eu amo esse menino, ele é tudo o que eu pedi a Deus, lindo, charmoso, gosta das mesmas coisas que eu, safado em um ponto, fofo e delicado no outro. Harry foi um grande presente na minha vida, e eu vou fazer de tudo para não o perde, vou mover céus e terras para que nosso namoro seja o mais perfeito de todo o mundo.
             Eu terminei meu banho e saí do banheiro quando coloco a cara para fora eu vejo a Andrielle mexendo na parte mais secreta do meu armário.
 - Doida por que você está mexendo nisso? – Eu gritei.
 - Por que você não falou que ama o Ed Sheeran? – Ele perguntou vendo a revista dele que eu tenho.
 - Eu não amo ele... – Tentei mentir, mas sabe o Ed é a coisa mais fofa, mais perfeita, mais tudo na face da terra. As musicas dele, as letras, o sorriso é tudo perfeito. Eu o amo mais do que qualquer outra coisa, aquele cabelo ruivo, aqueles olhos verdes.
 - Então por que isso aqui? – Ela perguntou apontando para o meu “santuário” do Ed. 
 - Está bem eu confesso, o Ed é a coisa que eu mais amo em toda a minha vida.
 - Você sabe que o Harry é melhor amigo dele né?
 - Sim claro.
 - Você quer falar com ele?
 - Ele quem?
 - O Ed?
 - Como eu vou falar com o Ed?
 - Eu sou melhor amiga dele ué, vou ligar para ele. – Ela falou pegando o celular, meu coração bateu mais do que a bateria de uma escola de samba. – Oi Ed! – Ela falou meu coração parou, minha respiração estava descompensada. – Eu estou bem, cara sabe a namorada do Hazza? – Ela falou olhando para mim. – Sim ela, mesmo, o Harry falou dela para você? Um bom saber... – Ela falou me encarando e rindo. – Sabe Ed ela é muito sua fã, será que você pode falar com ela? – Pronto eu já estava aos prantos com aquilo. ED SHEERAN SABE QUE EU EXISTO! Pronto vou morrer, vou morrer!!! – Toma Duda fala com ele. – A Andrielle estava com o celular na minha frente, eu rapidamente peguei o celular.
 - Ed? – Eu falei com a voz falhando.
 - Hey Duda. – Ele falou meu coração bateu mais forte, minha vista foi escurecendo, minha cabeça rodou, não conseguia ouvir direito, e depois tudo apagou.

             Eu estava meio grogue ainda quando acordei, eu não conhecia em volta minha vista ainda estava meio embaçada.
 - Eduarda! – Era meu pai. – Até que enfim você acordou. – Ele falou desesperado.
 - Onde eu estou? – Perguntei colocando a mão na cabeça, eu estava sentindo dor. – Que dor de cabeça. 
 - Você está no quarto de um hospital, você desmaiou falando com o Ed Sheeran Eduarda.
 - Está bem pai, mas você está nervoso o que houve, eu só tive um pico de alegria, isso acontece com fãs.
 - Vou chamar a Cindy e o medico é melhor, antes que eu te mate! – Mas que bicho mordeu meu pai? Eu acabei de acordar de um desmaio e ele fica todo nervoso comigo. Isso não está certo.
 - Duda... – A Cindy chegou sorridente.
 - Alguém pode me falar o que está acontecendo? – Eu perguntei nervosa já.
 - Eduarda, você sofreu um desmaio hoje, sua pressão aumentou por conta da sua euforia. – O médico velho falou.
 - Eu sei disso. – Respondi.
 - Hoje você teve vômitos, enjoos constantes... – Ele falou.
 - Sim e o que isso tem haver? – Eu perguntei.
 - Você está grávida.

_______________________CONTINUA_____________________________


  

7 comentários:

  1. Aahhhh q perfeito!!! Continuaaa!!!Beijooo
    Xx:Paty

    ResponderExcluir
  2. Continua amr!!!
    XxpatríciaxX

    ResponderExcluir
  3. é muito bom ser uma das melhores amigas da ADM do blog pq eu sei tudo que vai acontecer uhuuuuuu e eu ainda participo da historia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Andrielle nada convencida. Kkkkkkk' Te amo miiiga!

      Excluir
  4. Leitora nova aqui,sabe como achei o seu blog estava procurando mines imagines...cliquei em varios links e o seu foi o melhor!!!!
    Continua por favor nao consigo viver sem seus capitulos continua please!!!!

    ResponderExcluir
  5. Sabia q ela tava gravida quando ela começou a vomitar!!

    ResponderExcluir