Mini Imagine com Liam Payne - The Right Time In The Right Place

|| ||

                Hoje era para ser um dia maravilhoso, fiz uma reserva no melhor restaurante de Wolverhampton, comprei rosas e um belo anel de diamante, mas ela simplesmente disse não. Sinceramente, eu não sei o que fiz de errado, ou no que houve, não entendi o motivo dela ter me negado.
               
                Fiquei desolado, não sabia o que fazer, apenas fiquei andando pelas ruas tentando encontrar um rumo para seguir. Todos os meus planos para o futuro eram ao lado dela, ela estava em tudo que eu planejei. Será que fui tão otário para incluir ela?

                Caminhei até um parque e fiquei em uma ponte que fica sobre um pequeno córrego que passa pelo parque. Peguei cada rosa do buquê e joguei no córrego.

– Cara, isso realmente é um pecado... – Ouviu alguém dizendo do meu lado.

                Olhei para o meu lado e vi uma menina ruiva em pé olhando as rosas caindo no córrego. Ela me olhou e eu fiquei impressionado com a beleza dela. Seu rosto estava sendo iluminado com a luz que vinha da lua, seus olhos eram verdes e brilhantes e tinha sardas espalhadas em seu rosto.

– Não é todo dia que encontramos alguém desperdiçando rosas tão belas assim, creio que tenha sido algo terrível. – Ela falou voltando a olhar para as rosas.

– Sim, minha namorada negou meu pedido de casamento. Talvez ela seja minha ex agora...

                Falei olhando para as rosas em minha mão, eu as estendi para a menina ao meu lado e ela as pegou, levou ao nariz para sentir o aroma.

– Muito obrigada... ãan, não sei seu nome. – Ela sorriu.

– Liam.

– Muito obrigada, Liam. É a primeira vez que recebo rosas.

                Ela parece realmente contente com a metade do buquê que a dei. Pelo menos ela aceitou e ficou feliz com as rosas. Não sei, mas eu comecei a me sentir melhor com a presença dela.

– E o seu nome?

– Ah, Ronnie, prazer em conhecê-lo.

                Ela sempre sorria, e eu fiquei encantado pelo sorriso que ela estampa em seu rosto. É raro encontrar pessoas assim, todos estão cheios de rancor e ambição essas coisas tendem a destruir as pessoas.

– Quer desabafar? – Ela perguntou.

                Apesar de ter acabado de conhecê-la, eu senti que poderia confiar nela, e esse tipo de coisa é diferente hoje em dia, conseguir confiar em alguém assim de cara, mas ela me transmite uma confiança, e eu acho que é por isso que acabei me encantando por ela.

– Namoramos por 3 anos. Eu escolhi o melhor restaurante, comprei um anel e rosas, esperei terminarmos a sobremesa e eu a pedi em casamento, mas ela disse que não e simplesmente levantou e foi embora.

– Você tem noção do motivo dela ter negado? – Questionou.

– Talvez eu tenha me precipitado um pouco.

– Sabe, eu acho que as coisas sempre acontecem por algum motivo. Coisas boas e ruins acontecem diariamente, e a única coisa que podemos fazer é aceitar tudo e seguir em frente. Talvez há uma razão para tudo...

                Eu parei por um momento para pensar no que ela disse. Talvez se eu não fosse rejeitado, hoje eu não estaria aqui no momento com a Ronnie ouvindo essas coisas. Eu estou me identificando muito com tudo que ela está falando, e sim, talvez há uma razão para tudo que acontece em nossas vidas, por mais que as coisas possam doer absurdamente, mas agora eu acho que estou começando a aceitar o fato de ter ouvido um belo de um “não” hoje.

– Você tem razão, mas o que faz você pensar nisso?

                Ela parou e ficou me olhando, desviou o olhar e respirou fundo. Fiquei sem entender, mas aguardei a resposta dela. Ela suspirou umas três vezes e sorriu para mim.

– Eu vou morrer.

                Eu fiquei analisando a expressão dela para saber se ela estava brincando, mas não, ela permaneceu séria até uma resposta minha, e eu não tenho ideia do que dizer para ela.

– Eu... é...

– Sinto muito? – Ela sugeriu.

– Isso... Nossa!

– Eu sei, mas eu já aceitei isso, foi difícil no início, mas não tem nada que eu possa fazer mais, só bastou aceitar.          

                Eu fiquei sem saber o que falar, mas ela passou a mão no meu ombro e me abraçou. E no abraço dela eu consegui encontrar um conforto do qual que não sabia que existia. A apertei com força e não queria soltá-la nunca mais.

– E o que você vai fazer agora? – Questionei.

– Eu estou tentando viver, sabe? Estou tentando ver o lado positivo de tudo, não quero ir embora sendo uma pessoa amargurada. Não gostaria de ser lembrada assim. – Ela falou olhando para o chão.

– Você não vai ser lembrada assim, eu tenho certeza.

– Obrigada...

– Você não sente medo?

– De morrer?

                Eu apenas afirmei com a cabeça. Ela olhou para o céu e depois olhou para mim. Fiquei encantado com a beleza dela. Ela é de uma beleza que eu jamais vi.

– Não, eu já tive... Eu só tenho medo das coisas que eu vou perder, não vou poder casar, ter filhos, envelhecer em uma casa na montanha. E tem a minha família ainda, tenho medo de como vai ser depois que eu partir, de como eles vão lidar com isso.

                Eu fiquei sem saber o que dizer. Nunca pensei que iria conhecer alguém como ela, pensando positivo apesar da situação difícil. Se fosse eu no lugar dela iria culpar tudo e todos, e iria me isolar de tudo, não saberia lidar com isso, não da forma como ela tem lidado.

– E você tem quanto tempo?

– Uns meses, não sei exatamente, eu parei meu tratamento hoje. Eu tenho câncer no ovário, mas estou com várias metástases espalhadas pelo meu corpo e nenhum tratamento está ajudando.

                Ela começou a dizer de tudo que ela passou, fiquei impressionado com a força que ela tem e isso realmente é impressionante. Nunca achei que conseguiria conhecer uma pessoa tão brilhante como ela.

                Ficamos caminhando pelo parque e conversando, e a cada palavra que ela dizia eu me encantava mais e mais por ela. Ela é inteligente, engraçada, ela tem todas as coisas positivas que uma menina há de ter, e eu me amaldiçoei muito por não ter a conhecido antes na minha vida. Ela é rara.

                Nós dois perdemos a noção da hora, não havia mais ninguém no parque então paramos de andar e ficamos olhando um para o outro. Minha vontade de beijá-la já está chegando a níveis inacreditáveis.

– Já está tarde, né? – Ela comentou.

– Sim, bastante...

                Olhei para o relógio, já é meia-noite. A lua já atingiu seu ápice no céu, e eu amo a forma que sua luz ilumina o rosto de Ronnie. Ela é de uma beleza incomparável, simples e elegante, é assim que eu consigo descrever.  

– Eu posso te beijar? – Perguntei.

– Ah, achei que não iriamos chegar nessa parte. – Ela disse, rindo. – É claro que pode.

                Sem pensar duas vezes eu a agarrei e dei um beijo do qual eu nunca vou me esquecer na menina que eu jamais esquecerei. Ela é doce, sensível e ao mesmo tempo é um furacão em pessoa. Ela está conseguindo me enlouquecer.

– Então, quer ir para algum lugar? – Perguntei.

– Que lugar?

– Minha casa? Desculpa, eu não quero ser tão direto, eu só, sei lá...

– Sim, claro que quero. A vida está aqui para ser vivida, certo?

...

          Passei a melhor noite da minha vida com Ronnie, mas depois daquela noite eu nunca mais tive notícias dela. Eu nem consegui pegar o telefone dela. A única coisa que consegui foi um bilhete.

“A vida é bela, Liam. Viva enquanto você tiver tempo, não procure entender, viver é ultrapassar qualquer entendimento.
Certas pessoas passam pelas nossas vidas para marcar, nem que seja por um pequeno segundo, mas aprenda a guardar cada momento com carinho. Lembre-se que para tudo há uma razão.
Amei a noite ao seu lado, obrigado por ser maravilhoso.
Vamos nos encontrar em outras vidas, até breve.”

2 comentários:

  1. eu não to chorando, só tem um olho na minha lágrima...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Perfeito chorei muito no final. . . Continua mais imagines como esse com o Liam

      Excluir