Imagine Hot Harry Styles

|| ||

            Eu já havia bebido uma garrafa de cerveja preta, e sim, fiquei bem bêbada, mas porque eu não estou tão habituada a beber, e adoro essa sensação de alegria que o álcool trás para o meu corpo.

O complicado é que a festa do meu tio está totalmente chata, eu já estou aqui há uma hora e já quero ir embora, a minha sorte é que eu tenho um bom motivo para dar um perdido desse lugar. Irei encontrar o meu amigo colorido, vai ser a quarta vez que vamos ficar, e eu tenho gostado bastante dessa nossa aventura sexual.

Eu nunca achei que seria o tipo de menina que praticaria o sexo casual, mas assim está sendo melhor. Não gosto que as pessoas fiquem sabendo sobre coisas da minha vida, assim elas não tem o que o que falar sobre mim, e nem criticar as minhas atitudes. Enfim, a vagina é minha, e a minha auto crítica já está de bom tamanho.

Quando consegui achar uma desculpa boa o suficiente eu sai da merda da festa e fui para a casa de Harry, que não era muito longe dali. Tentei parecer sóbria o suficiente enquanto caminhava, muitas pessoas daqui me conhecem, imagina se soubessem que eu estava meio alegre. Não estava no meu nível total de embriaguez.

Dei um toque para o celular de Harry, ele nem atendeu, não deu um minuto e ele já estava abrindo o portão da casa dele. Harry está com o cabelo preso em um coque e usando apenas uma samba canção, se eu soubesse não teria me arrumado toda para vir vê-lo.

— Finalmente você chegou, achei que já tinha desistido. — Ele falou, enquanto estávamos entrando na casa dele.

— Aquela festa, eu só consegui sair de lá agora. — Comentei.

— Eu estou vendo Vingadores no Netflix, sei que você gosta. Nunca tinha visto esse filme.

— Qual é Harry? Sério?

— Sim...

Fiquei sentada no sofá enquanto Harry fazia pipoca, na verdade enquanto ele deixava o micro-ondas fazer a pipoca. Ele nunca se deu muito bem na cozinha. Pedi um refrigerante para poder ter um pouco de glicose em meu sangue, talvez possa diminuir um pouco o efeito só álcool.

Harry e eu ficamos sentados no sofá comendo pipoca, vendo o filme e conversando sobre vários assuntos, que não muito interessante. Está bem óbvio que o que queremos é fazer sexo um com o outro. A nossa tensão sexual é bem palpável.

— Meu cabelo está todo ressecado. — Harry comentou. — Eu ainda não sei o shampoo certo que devo comprar.

— E aquele que eu te falei?

— Eu o comprei e o creme de hidratação, que é caro pra caralho. Como vocês conseguem manter o cabelo com essa inflação assaltando o povo?

— Acho que já estamos acostumadas com os preços, e você comprou em farmácia, Harry. Tem lojas só para produtos de beleza, você que foi burro.

— Imagina, eu, uma pessoa do sexo masculino, entrando em uma dessas lojas de cabelo que vocês mulheres vão.

— Qual o preconceito?

— Eu já tenho cabelo grande, irão achar que eu sou gay.

— Mas você tem cara de macho invocado.

Ele riu, e eu soltei o coque do cabelo dele. Fiquei alisando o cabelo dele, que ainda está um pouco ressecado, mas não deixa de estar bonito, ainda continua sendo melhor que o meu. Eu ainda não me conformei com o fato dele ter o melhor cabelo do mundo, enquanto o meu parece uma palha em comparação ao dele.

Harry se aproximou de mim e me deu um selinho. Ele ama quando eu fico mexendo no cabelo dele. Eu coloquei o pote de pipoca do meu lado no sofá e me virei para poder beijá-lo melhor. Começamos um beijo lento e saboroso. Fiquei mexendo com o cabelo dele enquanto nos beijávamos, adorei ouvi-lo gemer baixinho quando eu dei um leve puxão em seu cabelo.

Não demorou muito para a mão de Harry chegar em meus seios, mas ele não gostou muito, pelo fato de eu estar usando um sutiã de bojo, então a mão dele desceu mais um pouco. E eu fiquei automaticamente gelada só de pensar no que ele iria fazer. Não que eu não gostasse, mas sempre fico nervosa nessa parte.

Ele abriu a minha bermuda e sua mão foi parar dentro da minha calcinha. Eu gemi baixinho quando senti seu dedo tocando o meu ponto g. Já foi o suficiente para eu começar a ficar molhada. Harry sabe bem os meus pontos fracos, ele sabe do que eu gosto e não gosto.

Harry fazia movimentos circulares com o dedo em meu clitóris, e eu estava começando a sentir prazer com aquilo. Ele mordeu meu lábio e foi espalhando os beijos pelo meu pescoço.

— Abre mais a perna... — Ele murmurou enquanto mordia a minha orelha.

Fiz o que ele pediu, e logo senti o seu dedo entrando em mim. Fiquei movimentando o quadril para o dedo dele se movimentar dentro de mim. Com a palma da mão ele esfregava o meu clitóris, e eu ficava mais excitada a cada momento.

— Você já está toda molhadinha... — Ele comentou no meu ouvido.

Eu o respondi com um gemido. Ele voltou e me beijar com mais desejo do que antes. O beijo dele é um dos melhores que eu já provei em minha vida.

          Harry pegou a minha mão e a colocou por dentro da samba canção dele. Harry já está bem excitado, com as veias de seu membro pulsando. Liberei o pênis dele do aperto da cueca e comecei a masturba-lo lentamente. Harry soltou um gemido baixo.

— Me chupa? Por favor... — Ele pediu.

         Eu me abaixei para fazer o que ele pediu. Comecei passando a minha língua na cabeça de seu membro e depois a envolvi com minha boca. Comecei sugando levemente. Comecei a movimentar a minha cabeça, fazendo com que o pênis dele entrasse e saísse de minha boca. Engolia o que conseguia, o resto eu estimulava com a minha mão.

        Eu amo dar prazer ao Harry, amo ouvi-lo gemer por causa das sensações que eu o dou. Saber que ele está gostando me deixa mais excitada.

Isso... Aah... Para, para... — Ele falou, gemendo.

          Harry me puxou pelo cabelo. E logo veio me beijar. Um beijo rápido, cheio de desejo. Continuei o masturbando e ele parou de me beijar e gemeu alto. Logo ele gozou, sujando a minha mão, a samba canção dele e a própria barriga.

— Já? —  O zoei.

— Você não parou, estava quase gozando na sua boca.

— E agora? — Perguntei.

        Harry se levantou e foi para o banheiro, ele saiu de lá limpando a barriga dele e depois foi para o quarto. Fiquei sentada na sala o esperando. Harry voltou bem rápido trazendo em sua mão um pacote de camisinha.

— O que vamos fazer agora? Acho que você já sabe da resposta. — Ele falou, tirando a roupa.

         Harry se sentou ao meu lado e voltou a me beijar. Ele ficou se masturbando até seu pênis ficar ereto novamente.

— Fica em pé, rapidinho... — Ele falou.

          Fiquei em pé na frente dele, e ele começou a tirar a minha bermuda e calcinha rapidamente. Quando eu fiquei sem as peças ele começou a me masturbar.

— Harry... — Gemi.

— Senta aqui. — Ele falou, batendo no colo dele.

          Eu sentei no colo dele e fiquei o beijando enquanto o masturbava o pouco mais, eu não via a hora de tê-lo dentro de mim novamente. Estava totalmente molhada para recebê-lo. Ele colocou a camisinha e depois ficou me beijando.

— Eu não sei fazer isso... — Falei sobre eu nunca ter ficado por cima na minha vida.

— Só você ir de vagar na primeira, depois ficar se movimentando. Só deixa entrar e sair. Relaxa que você vai pegar o ritmo.

                   Eu me ergui um pouco e ele colocou o membro dele na minha entrada, fui descendo de vagar como ele disse. Senti uma ardência gostosa enquanto ele entrava. A sensação geladinha da camisinha ice me fez sentir mais prazer ainda.

Harry começou a gemer enquanto eu me movimentava e rebolava lentamente em cima dele. Ele segurava a minha cintura e ficava me ajudando a me movimentar. Eu me aproximei dele e fiquei beijando o pescoço dele.

Quando eu parei de me movimentar, Harry começou a mexer o quadril dele. Ele me penetrava rapidamente e eu senti meu orgasmo chegando. Fiquei gemendo contra o pescoço dele, e não demorou muito para o meu corpo entrar em êxtase. Cada músculo do meu corpo vibrava, cada pelo do meu corpo ficou arrepiado, me senti mais molhada e quente quando meu ventre todo começou a se contrair deliciosamente em volta do pênis dele.

— Você goza tão gostoso... — Ele falou, sorrindo.

Fiquei parada olhando para ele enquanto eu me recuperava.

— Lembra que eu falei que ia fazer você gozar mais que  duas vezes? — Ele perguntou.

— Lembro...

— Vou fazer isso hoje, nem que você goze três vezes.

— Harry...

— (Seu nome)... — Ele murmurou, rindo.

          Harry tirou a minha camisa e meu sutiã, ficou apertando os meus seios levemente enquanto me beijava. Eu voltei a me movimentar em cima dele.

— Vamos para o meu quarto. — Ele falou.

— Está bem.

Eu me deitei na cama dele e fiquei o esperando. Harry se deitou sobre mim e ficou beijando o meu pescoço. Amo quando ele faz isso. Ele desceu beijando cada pedaço do meu corpo. Ele chegou lá já passando a língua pelo meu ponto g, eu me contorci toda. Ele ficou passando a língua no meu clitóris e chupava também. Eu puxava o cabelo dele vez ou outra, porque eu sei que ele gosta quando eu faço isso.

Gozei bem gostoso, como Harry diz. Se há sensação melhor que essa eu ainda não provei, nem quero provar.

— Que delícia, hein... — Ele murmurou.

— Sim... — Falei ainda ofegante.

          Harry montou em cima de mim e sem avisar ele me penetrou de novo. Eu me contorci quando senti a camisinha gelada. Meu sexo ainda está sensível por causa do meu recente orgasmo, mas a sensação é maravilhosa.

Ele penetrava lentamente, me levando ao êxtase no mesmo ritmo. Eu adoro quando ele faz isso, adoro esse jeito dele. Ele ficava me encarando há todo momento.

O cabelo dele é uma das minhas partes favoritas, eu sempre o puxo enquanto transamos.

Não demorou muito para os nossos gemidos ficarem mais intensos e logo meu ventre voltou a se contrair. O terceiro orgasmo, como prometido. Ele começou a gemer meu nome sem parar e depois soltou um "oooooh" revirando os olhos. Percebi seu corpo perdendo as forças como o meu.

— Sempre fica melhor... — Comentei.

— Sempre foi ótimo para mim.

— Eu vou tomar um banho.

Tomei um banho e depois voltei ao quarto. Harry estava jogado na cama, ainda pelado.

— Faz uma hidratação no meu cabelo? — Ele perguntou. — Eu ainda não fiz, estava esperando por você.

— Claro... Posso fazer sim.


_____X_____

Olá meninas, depois de um longo tempo eu resolvi postar um imagine hot escrito por mim.
Nesses últimos dias eu tenho focado mais na fanfic, por isso fiquei um longo tempo sem postar imagines aqui.
Semana que vem eu já vou voltar a postar a fanfic, e espero postar pelo menos uma vez na semana, já que agora eu estou de férias.
Mas enfim, se vocês gostaram do imagine comentem!

Vou deixar os links das minhas redes sociais aqui embaixo para vocês poderem conversar comigo!
VALEU!


3 comentários: