Mini Imagine Zayn Malik (Continuação com ajuda de vocês!)

|| ||

           Hoje é dia de reunião de pais na escola e eu não estou muito animada para isso. Acordei com uma baita dor de cabeça e ouvir pais reclamando porque seus filhos foram reprovados não será legal. Ainda mais eu que reprovei praticamente a metade da turma em história, incrível como nenhum aluno se interessa nessa matéria. A justificativa deles? É história, já passou, não precisamos aprender. O ruim é que nenhum aluno entende que a história é muito importante, porque os fatos passados influenciam o presente e irá influenciar muito o futuro.
           O diretor começou a falar sobre as baixas notas dos alunos. Às vezes o mundo moderno influencia muito em tudo isso que está acontecendo, porque as crianças de hoje em dia se desligam do mundo real para viver o virtual, sendo que elas tem que ter brincadeiras lúdicas a que ficar o dia inteiro jogando Subway Surfers no celular.
           Entregamos as notas aos responsáveis e a indignação começou.
- Meu filho é um ótimo aluno, você não tem o direito de reprová-lo.
- A senhora não convive com ele dentro de sala de aula, então não sabe se ele é ou não um bom aluno. E eu como professora tenho o direito de reprová-lo sim. - Respondi.
            Eu realmente não tenho paciência para “lero lero” de mães como ela. Todas as mães vem com o mesmo discurso sempre, mas nenhuma delas conhecem os filhos fora de casa, quando os alunos estão perto da mãe fica até uma aureola em cima da cabeça deles.
- Ei, (seu nome). - A voz de Zain não.
- Olá senhor Malik, veio pegar a nota da Safaa? - Perguntei.
            Mantive a formalidade apesar de termos terminado há pouco tempo. Eu infelizmente quebrei a regra com ele, nunca posso namorar responsáveis dos meus alunos, mas eu realmente me apaixonei pelo Zain, então fazer o que né?
- Qual é (seu nome) vai me tratar assim agora? - Zain perguntou.
- Estou no meu lugar de trabalho, por favor, chame-me de senhorita (seu sobrenome). - Murmurei perto do ouvido dele para ninguém ouvir.
- O.k, senhorita (seu sobrenome) você pode passar lá em casa hoje? - Zain perguntou, e uma mãe nos olhou com os olhos arregalados.
- Zain, nós já conversamos sobre isso. - Respondi, enquanto entregava o boletim para uma mãe.
- Só vou parar de te perturbar quando você dizer que sim, se não eu vou ficar aqui enchendo o seu saco. - Ele disse.
- Está bem, Zain!
- Pode ser na sua casa?
- Não seria na sua?
- O colchão da sua cama é bem melhor que o meu...
- Pode tirar o cavalinho da chuva.
- O.k, as 19 horas estarei na sua casa. - Ele piscou e saiu andando.
           Só Zain para me fazer passar uma vergonha dessas no meu local de trabalho. Sorte que o diretor não viu isso, ou se não eu estaria no meio da rua.
           Terminei de entregar os boletins e fui para casa. Não estou muito a fim de cozinhar hoje, então quando Zain chegar irei pedir uma pizza. Hoje eu só vou colocar um ponto final em tudo que aconteceu entre nós dois. Acabou, mas o Zain não se acostumou com a ideia.
Eu estava tomando banho quando a campainha começou a tocar.
- Merda. - Murmurei, enquanto saía do banho.
Olhei pelo olho mágico e é Zain, mas marcamos 19 horas e ainda são 18 horas. Abri a porta e ele estava sorrindo, pode ser pelo fato de eu estar enrolada na toalha. Dei espaço para ele passar.
- Não acha que está adiantado? - Perguntei.
- Talvez, mas eu estava ansioso para te ver. - Ele respondeu. Zain ia me dar um beijo, mas eu me esquivei. Antes de dizer alguma coisa eu voltei para o banheiro e tranquei a porta por precaução.

          Terminei meu banho e coloquei uma roupa normal de usar em casa, não vou me arrumar toda só porque Zain está aqui. Antigamente eu fazia uma mega produção quando ele vinha aqui, mas isso ma época que namorei com ele.

          Zain estava na sala vendo TV quando eu cheguei perto dele e me sentei ao lado dele, mantendo uma distância segura, é claro.
- Então... - Ele começou a puxar assunto. - Eu quero voltar com você, é só isso.
- Você acha que vai ser fácil assim?
- Sim.
- Por quê?
- Porque eu te amo.
- Amar é o suficiente?
- Para mim sim.
- Não sei...
- (Seu nome) para de graça, me dá essa chance, você me ignorou esse tempo, eu só queria a chance de falar com você.
- Então fala. - Cruzei os braços.
- Eu amo você, e eu sei que fui um idiota, não te tratei da forma que você merecia, fui literalmente um canalha, mas eu quero te pedir desculpas, por favor, (seu nome).
- Por que você acha que eu tenho que te dar outra chance?
- Porque eu quero mudar os seus conceitos sobre mim...
- Só isso?
- Não, eu também quero tentar fazer você feliz, (seu nome).
- É vou pensar, mas eu nunca vou esquecer de você beijando aquela menina, Zain, eu nunca vou esquecer!
- Eu estava bêbado. (Seu nome), o que importa é que eu me arrependi e quero você de volta.
- Tá, vai embora eu vou pensar, qualquer coisa te ligo.
- Sério?
- O quê?
- Eu não vou dormir aqui?
- Não, nada a ver.
- E se eu passar umas horinhas aqui e depois ir embora?
- Não, eu não vou ficar com você hoje...
- Nem um beijo?
- Não, nem um beijo.
- Por quê?
- Quero pensar em uma resposta antes. Estamos conversados? Agora você pode ir, eu tenho provas para corrigir.
- Mas as férias já começaram.
- Provas de recuperação.
- Então tá.
         
           Zain levantou e foi em direção a porta, fiquei sentada no sofá.
- Tranque a porta, (seu nome). - Zain disse, enquanto caminhava.

           Eu fui trancar a porta, caminhei atrás do Zain, e quando e menos esperei, Zain estava me pressionando na parede, me dando um beijo de tirar o fôlego.
- Eu só não te levo para a cama, porque eu te respeito e você não quer.
- Tá.
- Te ligo amanhã.
- Pode ser.

           Zain saiu do meu apartamento me deixando com o coração na mão. Eu realmente fui muito apaixonada com ele, mas voltar? Depois dele ter me traído... é meio difícil... Então eu gostaria de opiniões...

O que acham, volto ou não?

_______________________________

Hey, hey, tudo bem? Então eu tive a seguinte ideia de vocês continuarem esse mini imagine até eu postar o final dele.
Vai ser tipo, eu dei a história e vocês continuam, tipo, o primeiro comentário vai ser a continuação, o segundo comentário vai ser a continuação, e isso vai indo até o fim dos comentários.
Quando tudo estiver pronto eu posto o final dele aqui!
É PARA VOCÊS ESCREVEREM A HISTÓRIA E NÃO COMENTAR O QUE É PARA ESCREVER!

Comentem! XoXo

22 comentários:

  1. sei lá acho que sim mas não pode ser tããão rápido assim , o zain tem que correr atrás dela , pra ficar com ar de tipo : eu te amo eu não vou desistir de você assim tão fácil

    ResponderExcluir
  2. Eu acho q o Zain tem que correr atras dela pra ficar tipo: eu te amo entende nao vou desistir facil de vc. E acho q isso ai ele podia tipo ir conquistando ela aos poucos

    Xx Ash

    ResponderExcluir
  3. Resolvi corrigir minhas provas, mas quando menos esperei, estava eu pensando no fdp por quem eu ainda era apaixonada..Estava mergulhando no meu mundo cheio de lembranças, veio cada detalhe de nossos momentos juntos na minha mente, principalmente, aquele beijo que acabara de me fazer perder o fôlego, aquele que acabara de abrir um buraco no meu coração, fazendo com que eu quisesse mais. Ai meu Deus do céu, oque foi aquele beijo?
    Decidi ligar pra ele, me declarar e aceitar, mas pensei: será que é o certo a fazer ? To sendo fácil demais? Bem, não tenho nada a perder, mas vamos brincar um pouquinho. Não vou dar a resposta de cara, se ele pensa que Eu (seunome), vou correndo pra ele, esta MUITO enganado, antes disso, ele vai comer na minha mão. (Porque sou dessas) haha
    Acabei adormecendo por lá mesmo, estava esgotada.
    No dia seguinte, acordei com meu celular tocando(adivinhem quem era?!), meu Boy Magia, meu Deus grego, meu Wesley Safadão (kkk)...maaaas, como estava fazendo jogo duro, não atendi. RÁRÁ
    Tocou mais 2 vezes e logo após, chegaram mensagens, tipo:
    "Bom dia, flor do dia
    Porque não me atende
    Hey, deusa !!
    Morreu?
    Caralho, me atende, por favor!
    Eu vou na..."
    Nem acabei de ler e cochilei
    Novamente, quando acordo assustada, agora por fortes batidas na porta, resolvo ignorar também, eu sei, eu peguei um pouquinho pesado, ele deve ta achando que morri, mas, o show não pode parar...
    Enfim, ele desistiu, ainda bem, os vizinhos deviam até estar ligando pra polícia falando que tinha um ladrão na minha casa, mas bem, era por uma boa causa ;)
    Já eram 12h, ainda estava com preguiça, então me arrumei e fui a um restaurante.
    Quando chego na portaria do prédio, estava ele sentado me esperando.
    -cara, porque nao me atendeu, não respondeu minhas mensagens e nem abriu a porta, fiquei preocupado, não sabia mais oque fazer,

    ResponderExcluir
  4. Preciso de uma respos...
    Ponho um dedo na boca dele, que arregala os olhos (e que olhos lindos), fiquei vidrada, como ele estava cada vez mais lindo e como eu amava aquela barba mal feita
    -shiiii, hey, desacelera, uma coisa de cada vez.
    -primeiro, você me ligou muito cedo, eu tava com preguiça, não queria falar com ninguém. E segundo, quem você pensa que é pra bater na minha porta que nem um louco ? Os vizinhos, com certeza, se assustaram. E por último, eu não te devo satisfações.
    Detalhe: estava quase rindo na cara dele
    Ele tira a minha mão da boca dele
    -como assim não me deve satisfações ? Eu preciso de uma resposta. Eu preciso de...VOCÊ.
    Acho que se ele ficasse com aquela cara chorosa por mais um segundo, iria me jogar aos seus braços e nunca mais sairia de lá.
    Mas não, (s\n), você tem que continuar firme e forte, não se deixe levar.
    -hmmm, então ta bom. agora não to com tempo, to com fome, tenho que almoçar.
    -posso ir ?
    -não, quero evitar contato com você enquanto penso.
    Fiz uma cara meio séria
    -você só pode estar brincando, né?!
    -não, pior que não
    Ele me segura pela cintura e sussurra no meio ouvido:
    -Ai ai, Mulher, quero dizer, senhorita (sobrenome), se você soubesse o quanto eu amo esse jogo duro e essa sua carinha, você não faria isso nunca.
    E assopra minha orelha.
    Eu me arrepiei ate o último fio de cabelo. Com esse simples gesto eu fiquei assim, imagina quando estiver.. Ê ê.....Não , resista, Cadê minha guerreira, você tem que resistir, pensei .
    Demorei a responde

    ResponderExcluir
  5. -Ta bom, Zain, pode ir, mas é apenas isso e não force a barra
    -OK, minha gostosa
    -olha como fala, hein, Deli..Senhor Malik
    Os dois riram, ele abriu o portão do prédio e fomos direto pro restaurante italiano (nosso favorito), perto de minha casa.
    Chegando lá... Continuem

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nss gostei mt.
      Vc escreve mt bem.
      Parabens.

      Excluir
    2. Adorei vc tem futuro como blogueira çarabens

      Excluir
  6. boa muitoo boa essa ideia que vc teve..... mas vc poderia fazer o zayn correr atraz dela provar que ele a ama de vdd, encontros ( sem sexo ) passeios e tudo mais, tenta colocar tambem tipo no final da história quando o zayn se cansa de correr a tras dela e vai embora e ela fica arrependida e volta com ele sabe..........tipo isto não se voce me entendeu mais eu fiquei empolgada com isto então se gosta avisa :D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ameiii sua idéia..
      Xx Kammilly

      Excluir
  7. Ameiiii a sua ideia de deixar nós leitoras continuar o imagine, mais tem algumas que pelo amor do santo Deus não sabem nem o que estão escrevendo.
    Queria muito que vc msm continuasse o imagine.
    E eu tenho certeza ABSOLUTA que se VOCÊ continuasse o final ficaria perfeitoo...
    Você é ótima escritora e é bom naquilo que faz.
    Eu gostei da opinião da Amanda Neci.
    E por favor não demora para postar estou muito curiosa para a continuação...
    Bjs de sua leitora e fã nº 1

    Ass: Léria Cris

    ResponderExcluir
  8. Não acho que é questão de não saber o que está escrevendo, e sim de ter uma opinião diferente. E como uma pessoa madura que eu tenho certeza que é ou se tornará, deve apreciar os imagines criados sem criticas não construtivas, assim como as outras directioners.
    Adorei essa dinâmica de escritor e leitor desenvolverem isso juntos, por isso, resolvi participar.
    Pode ate ser que o que eu fiz não tenha ficado dos melhores, mas é o meu primeiro e queria fazer algo descontraido.
    Mas esteja certa de que no próximo imagine em que as fãs puderem participar, darei o meu melhor e assim, se você não tiver com uma mentalidade mais desenvolvida, você não precisará mover um dedinho para julgar. :)
    Obs: não quero causar transtornos, mas achei necessário para um crescimento pessoal de determinadas pessoas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E se isso não foi uma indireta, desculpe-me pelo equivoco, mas servirá também para outras pessoas que fizerem tal coisa

      Excluir
    2. Primeiramente: não entendi nada do que você quis dizer, desculpe.
      Segundo: foi meio desnecessário o que você disse.
      E eu não sei o que responder, porque não tem sentido o seu comentário.

      Excluir
  9. Duda continua pelo amor de deus!����

    ResponderExcluir
  10. ' por favor continua :3 <3

    ResponderExcluir