Is Only Love - Capitulo dezesseis

|| ||
                 Era de manhã bem cedo eu dormia com o Harry, mas foi um simples movimento meu que eu caí da cama.

 

- Duda? – Harry olhou para a beirada da cama gargalhando.
 - Achou isso engraçado. – EU me levantei. – Poderia ter me quebrado. – Eu joguei o edredom na cara dele e fui ao banheiro. Harry estava tendo uma crise de riso eu escovei os dentes e fui ver a hora ainda eram oito horas da manhã, isso é uma lastima. Eu fui até a minha bolsa peguei uma roupa e fui tomar banho, fiquei olhando Harry dormindo como um anjo, e voltei ao banheiro, estava tomando banho quando olhei o Harry me olhando pela fenda da porta. Eu me tampei e fiquei roxa de vergonha.
 - O que foi? Por que essa vergonha toda? – Ele falou abrindo a porta e entrando, eu me adiantei e peguei a minha toalha pendurada e ele ficou escovando os dentes.
 - Harry Saí daqui! – Eu gritei.
 - Por quê? – Ele perguntou.
 - Você está louco? Ficar me vigiando assim.
 - O que tem, eu me levantei passei aqui e vi isso, desculpa sou homem e é incontrolável. – Ele falou fazendo xixi, eu tampei meus olhos não querendo ver aquilo.
 - Lave as mãos pelo menos... – Eu falei e ele sorriu fofo e lavou as mãos.
 - Posso tomar banho com você? – Ele perguntou fofo.
 - Não... – Eu respondi impaciente, estou querendo terminar meu banho.
 - Eu tomo de cueca e você de calcinha e sutiã. – Ele falou.
 - Harry não! – Eu meio que gritei.
 - Está bom, não precisa gritar. Só vou escovar os dentes. – Ele começou a escovar os dentes novamente, mas por quê? E eu fiquei o vigiando, ele me olhava de canto e se olhava no espelho.
 - Já acabou? – Eu perguntei.
 - Calma... – Ele respondeu, eu fiquei olhando para parede e depois senti o Harry me agarrando e me colocando dentro do Box, ele abriu o chuveiro e me colocou de baixo, me molhando e molhando a toalha que eu estava enrolada.
 - Doeu? – Ele perguntou irônico e eu sorri.
 - Você é muito bobo. – Ele me deu um selinho.
 - Eu sei disso, sou mais bobo em relação a você. – Ele falou me beijando, acontece que eu coloquei meus braços em volta ele e deixei acidentalmente minha toalha cair, ele me olhou e olhou para baixo e voltou a me olhar. – Não sei pra que ser tão tímida, seu corpo é lindo.
 - O seu também. – Eu falei coradinha de vergonha, eu coloquei minha mão na barra da cueca dele e fui a abaixando bem lentamente enquanto encarava o Harry que sorria de canto. 
 - Por que está fazendo isso? – Ele perguntou.
 - Para eu não me sentir sozinha em relação a ficar pelada. – Eu respondi e terminei de tirar a cueca dele, eu o encarei e o beijei.   
Adicionar legenda
Tomamos banho juntos sem nenhum desrespeito, só ensaboei as costas dele e ele as minhas e depois saímos do banho. E meio estranho tomar banho com ele, eu e ele nus admirando o corpo um do outro, mas que corpo é esse que o Harry tem, eu estou falando das partes de baixo mesmo, agora vem o medo de perder a virgindade com aquilo, muito fato eu terei hemorragia interna só pode. Mas está bom, vamos parar com esses pensamentos. Eu me enxuguei e coloquei minha roupa, eu tenho que dar graças a Deus que eu tenho Síndrome do Ovário Policisto, e isso desregula totalmente minha menstruação, tem mês que vem e dura só dois ou um dia, mas quando vem, vem chegando com tudo, com muita cólica mesmo. Eu troquei de roupa coloquei um vestido bem fresquinho , Harry se arrumou e descemos, achei que ninguém estivesse acordado, mas simplesmente todo mundo estava acordado.
 - Que milagre é esse? Todo mundo acordou cedo. – Eu falei dando um beijo na bochecha do meu pai. – Bom dia papai. – Depois dei um beijo na bochecha do tio Simon. – Bom dia titio. – Depois dei um beijo na bochecha do Niall. – Bom dia amorzinho. – Depois dei um beijo na bochecha do Zayn. – Bom dia badboy. – Ele sorriu para mim e eu beijei a bochecha do Liam. – Bom dia Daddy. -  Depois dei um beijo na bochecha do Louis. – Bom dia bundudo.
 - Pode falar nada, sua bunda também é enorme. – Ele falou.
 - Louis, quer morrer agora ou depois? – O Harry perguntou.
 - Quem falou que ela tem a bunda grande primeiro foi o Zayn. – O Niall falou.
 - Ah lembro depois o Harry teve até uma ereção. – O Zayn falou sorrindo.
 - Meninos, por favor, não falem de detalhes, estamos na frente de todos. – O Liam falou, Harry estava ficando azul já, com uma cara de muita raiva, muita raiva mesmo.
 - Vamos parar de falar da bunda da minha filha, que tal tomarmos café da manhã? – Meu pai falou simpático.
 - Mas me digam, o que faz a MTV fazer um evento logo na quarta? – Eu perguntei.
 - É férias, e estamos em LA aqui tudo acontece. – Simon falou.
 - È isso aí amor. – A Demi falou dando selinho no Simon.
 - Cindy e Andrielle sempre caladas né? – Eu falei sorrindo.
 - Só às vezes. Mas que barulho foi esse de manhã no quarto de vocês que levantou todo mundo? – Andrielle perguntou e todos olharam para mim e Harry.
 - Eu caí da cama de manhã, aqui meu braço está roxo. – Eu falei amostrando o meu hematoma.
 - Em falar em hematoma Eduarda, o que é isso no seu pescoço? – O Simon perguntou.         
 - Não é nada não... – Eu respondi comendo a torrada.
 - Não é nada não né Harry? – O Louis perguntou e o Harry sorriu.
 - Pensa que somos otários né dona Duda? -  O Zayn perguntou.
 - Não acredito que minha mãe faz essas coisas. – Niall falou sacudindo a cabeça e sorrindo muito fofo.
 - Ué gente todo mundo faz. – A Demi falou.
 - Não faz não, eu sou virgem. – Eu falei.
 - Como? – O Zayn perguntou.
 - Sendo virgem ué... – Eu respondi.
 - Ih fodeu. – O Louis falou.
 - Ok, vamos parar de falar sobre isso. – Eu falei colocando um ponto final no assunto. Tomamos café da manhã conversando sobre roupas que vamos usar, sendo que a minha e das meninas são um mistério.
                 Depois do café eu me sentei para conversar com meu pai, ele via a Cindy abobalhado.
 - Você a ama né? – Eu perguntei me sentando ao lado dele.
 - Sim, mas não como eu te amo, ou amei sua mãe. – Ele respondeu sorrindo para mim.
 - Se você não a ama como você ama minha mãe, por que vai se casar com ela? – Eu perguntei.
 - Eu a amo muito, mas não é como eu amava sua mãe. Ela foi o meu primeiro amor, ela me deu você, e você é a coisa mais importante da minha vida. – Ele respondeu me abraçando.
 - Eu entendo. – Falei apoiando minha cabeça em seu ombro.
 - E você e Harry? – Ele perguntou.
 - Estamos bem, mas eu estou preocupada quando eu tiver que me separar dele.
 - Aproveita o tempo que você estiver com ele, deixar de estudar você não vai.
 - Eu sei disso. – Eu falei sorrindo.
 - Amor... – Era a Cindy se sentando ao lado do meu pai.
 - Vou deixa-los sozinhos. -  Eu me levantei e me sentei na varanda. 
                 Não quero ficar longe do Harry em momento algum, tem cinco dias que eu o conheço  e estou tão apaixonada assim por ele, pensei que isso seria algo impossível, mas aconteceu, ele é o cara que eu quero, eu não sei porque isso,mas eu quero ele.
 - Pensando no quê? – Era a Demi se sentando ao meu lado.
 - No Harry.
 - Ai meu Deus pra que eu fui perguntar se eu já sabia a resposta. – Ela falou sorrindo.
 - Demi se eu te fizer uma pergunta você me responde com sinceridade? – Eu perguntei segurando as mãos dela.
 - Claro, mas o que é?
 - Eu gosto muito do Harry, pode ser loucura minha, mas eu quero muito que minha primeira vez seja com ele... Eu tô errada por isso?
 - Não, não é errado está apaixonada, é verdadeiro isso, só que você tem que pensar muito nisso, primeira vez sempre marca você está apaixonada, está praticamente amando.
 - Eu sei, eu fico mal só em pensar em deixar ele. 
 - Fica assim não, depois você vão se vê, é só esperar com a saudade, agora aproveite todo o momento com ele, eu acho que seria legal você ter sua primeira vez com ele, porque vai ser uma prova de quando você o ama. – A Demi falou toda fofa.
 - Você tem razão. Obrigada Demi. – Falei a abraçando. Eu e Demi ficamos conversando até chegar a hora de nos arrumar.
                 Subi para o meu quarto coloquei minha roupa sobre minha cama e fui tomar meu banho, Harry estava se arrumando eu fui arrumar meu cabelo e fiz minha maquiagem, Harry terminava de ajeitar o cabelo.
 - Me deixa fazer isso para você. – Eu falei arrumando o cabelo dele com a escova.
 - Obrigado. – Ele veio me beijar, mas eu coloquei a mão na frente. – O que foi? – Ele perguntou.
 - Vai tirar o meu batom. – Eu falei saindo de perto.
 - Vou te esperar lá embaixo. – Harry falou se retirando do quarto. Eu troquei de roupa e me olhei no espelho.

 - Você está linda, pronta para arrasar ao lado do garoto que você ama. – Falei comigo mesmo no espelho. 
                 Desci a escada, e vi Harry sentado no sofá, ele me olhou e ficou com a boca aberta.
 - Não iremos mais. – o Harry falou.
 - Por quê? – O Zayn perguntou.
 - Concordo, se minha mamãe for muitos homens ficaram babando em cima dela. – O Niall falou.
 - Está linda mesmo, ah se ela não namorasse o Harry. – O Louis falou e o Harry olhou feio para ele. – Só estou brincando, ela é toda sua. – Louis falou sorrindo e batendo no ombro do Louis.
 - Meninos, vamos? – A Demi falou parou e olhou para mim. – Menina! Você está diva!
 - Não mais que você Demi. – Eu falei e ela sorriu.
 - Obrigada amiga! – Ela falou pegando no meu braço e andando em direção à porta.
 - Demi, deixa que ela que eu acompanho. – O Harry falou pegando no meu outro braço.
 - Ok, senhor Styles, eu te concedo essa honra. – A Demi falou me entregando ao Harry.
 - Você está linda. – Ele cochichou no meu ouvido.
 - Limusine? – Eu falei parando ainda em choque.
 - Sim limusine. – O Simon falou se aproximando. – Capacidade para todos nós irmos bem apertadinhos. – O Simon falou sorrindo.
 - Mas os meninos podem ir sentados no chão.
 - Boa ideia, por isso que eu te amo. – O Simon falou indo em direção a Demi.
 - Mas voltando aqui, você está linda. – O Harry falou.
 - Obrigado amor, você está perfeito. – Eu falei me virando a ele e dando um selinho nele.
 - Opa, sem namorar agora, temos que ir. – Era o Liam falando e nos puxando pelo braço.
 - Liam você namora há meses e eu há quatro dias. – o Harry falou.
 - Pois é depois vocês terão mais tempo. – Ele falou.
 - Gente, vamos fazer assim, meninas sentem-se ali no canto. – Simon falou para mim, Demi e Andrielle. – Agora Cindy você senta ali no canto, Rick do lado dela, meninos sentem-se no chão, isso aperta aê, agora eu sento aqui. – Simon se sentou e fechou a porta. – Em dez minutos estaremos lá. – Simon falou.
 - Se são dez minutos por que alugou a limusine amor? – A Demi falou.
 - Pra gente chegar lá no estilo entendeu? – Simon falou.
 - Esse é o Simon, o cara que mais gosta de aparecer. – O meu pai falou.
 - Minha bunda está doendo. – O Louis falou.
 - Uma bunda enorme e ainda dói? – Eu falei e ele sorriu.
 - Para de falar na bunda do Louis Duda? – O Harry falou.
 - Você não tem bunda, eu vou falar da do Louis mesmo.
 - Você é sem graça. – O Harry falou.
 - Está vendo Harry? Bunda é necessário para conquistar as mulheres. – Louis falou.
 - Louis, você roubou as bundas dos meninos para colocar na sua? – Eu perguntei e todo mundo riu. Eu vi as luzes de câmeras, carrões lindos e me liguei que tínhamos chegado. A limusine parou e descemos.
 - Eu não quero passar pelo tapete vermelho. – Eu falei.
 - Mas por quê? – O Harry perguntou.
 - Eu não sou nada, não sou famosa entendeu? – Eu falei.
 - Você é a minha namorada, e você vai entrar comigo, caso queira ou não. – O Harry falou pegando na minha mão.
 - Isso aí Harry, alias você é minha filha e vai entrar. – O Meu pai falou.
 - Claro, eu posso entrar de mãos dadas com os dois? – Eu perguntei.
 - Claro. – Meu pai e Harry falaram juntos. Então entrei de mãos dadas com o Harry e meu pai, meu pai também entrou de mãos dadas com a Cindy, a Andrielle com o Liam, os outros meninos entraram normalmente e Demi e Simon juntos. Depois eu, meu pai, Cindy e Andrielle tiramos fotos em família, meu pai tirou foto com os meninos e o Simon, depois eu tirei foto com a Demi e a Andrielle, depois Andrielle e Liam, eu e o Harry sozinhos. Eu e o Harry tiramos fotos fofas, ele com a mão em volta da minha cintura e beijando minha bochecha e muita pergunta sobre o nosso relacionamento, eles perguntaram da Taylor Swift aquele palmito gigante ambulante.
                 Sentamos-nos em uma mesa como o Simon falou com onze lugares, eu me sentei entre Harry e meu pai. Jantamos e ficamos conversando.
 - Vamos dançar? – O Harry perguntou.
 - Vamos. – Eu me levantei com ele e ficamos dançando. Dançamos muito e nos beijávamos frequentemente sem medo das pessoas verem nossa demonstração de afeto em publico.
 - Não acredito. – O Harry falou.
 - Não acredita no quê? – Eu perguntei.
 - Eu com a garota que eu amo dançando aqui. – Ele falou.
 - Acredite isso é verdade. – Eu falei o beijando.
 - Je t'aime beaucoup. – Ele falou no meu ouvido.
 - O que você disse? – Eu perguntei.
 - Eu te amo, em francês.
 - Ich liebe dich mehr. - Eu falei no ouvido dele.
 - O que você disse?
 - Eu te amo mais em alemão.
 - Você fala alemão?
 - Sim. – EU respondi. Eu e Harry ficamos dançando por mais um tempo e depois voltamos a nos sentar. Niall, Louis, Zayn, meu pai, Simon, riam como uns loucos.
 - Mas o que está havendo? – Eu perguntei.
 - Eles estão bêbados. – A Cindy respondeu.
 - Não tem ninguém bêbado aqui não. – Meu pai falou mais enrolado do que nunca.
 - Acho melhor irmos embora. – A Demi falou.
 - Concordo. – Cindy falou.
                 Foi uma briga para irmos embora, mas conseguimos. Quando cheguei em casa nem troquei de roupa, só tirei e fui dormir.

_________________________CONTINUA_____________________________ 
    
COMENTEM SE GOSTARAM??  XoXo 
                                                                                                                           

2 comentários:

  1. OMG estou amando esse imagine *-* ´por que não encontrei esse Blog antes??

    ResponderExcluir
  2. BUUUA QUE PERFEITO OOOOHHH VIDA DE FANFIC

    ResponderExcluir