Imagine hot com Niall Horan

|| ||


                E novamente aqui estou com pincel na mão e uma tela em branca. Preciso fazer um quadro, mas não tenho ideia do que desenhar. Eu poderia simplesmente jogar tintas coloridas na tela e fazer uma obra abstrata, mas eu prefiro uma obra abstrata geométrica.           
  - Concentre-se (seu nome) – Eu dizia para mim mesmo.
                Agora por que essa obsessão por esse quadro, é que eu cismei que vou desenhar esse quadro. Eu sou uma grande pintora meus quadros vedem muito bem. Eu gosto de pintar também é uma coisa que me relaxa, eu acho que me prendi demais nisso.

*Barulho da campainha*

                Quem será uma hora dessas?
 - Já vai! – Eu gritei subindo as escadas do porão. O problema é eu estou enfiada no porão da minha casa e a pessoa não devia ter escutas e continuou apertando a campainha, e esse barulho me irrita. Olhei pelo olho mágico e lá estava meu melhor amigo Niall. 
 - Olá (seu nome)!- Ele falou entrando com umas sacolas. – Que cara é essa? – Ele perguntou espantado quando virou para mim.
 - Cara de quem passou a noite toda acordada tentando pintar um quadro novo. – Eu falei me jogando no meu enorme puff gota que eu tenho como sofá na minha casa.
 - Cara você precisa relaxar, e eu como sou um ótimo amigo, trouxe uma gelatinas para você. – Ele falou tirando o pote cheio de gelatina de dentro de uma das sacolas.
 - O.k, está batizadas? – Eu perguntei e ele afirmou com a cabeça. – Batizadas com quê? – Eu perguntei.
 - Uísque e vodka, tão tudo misturado vai na sorte aí. – Ele respondeu sorrindo e se sentando no meu tapete felpudo preto. Eu peguei a gelatina de limão e virei o copinho tive que puxar o conteúdo com a língua e quando a gelatina tocou minha língua senti que era de uísque.
 - Essa é de uísque. – Eu falei e ele pegou um copinho fazendo o mesmo.
 - Essa é de vodka. – Ele falou assim que terminou de comer a dele.
                Eu e Niall ficamos conversando, bebendo vodka, redbull e comemos aquelas gelatinas. Em poucos minutos já estávamos bêbados falando mil merdas. Estávamos falando sobre sexo.
 - Tem um tempo que eu não transo. – Eu falei e ele sorriu.
 - Ai eu também. – Ele falou.
 - Que vida. – Eu falei.
 - E se... Esquece. – Ele falou. Eu já pude imaginar o que ele iria falar, coisas como a gente transar e depois esquecer isso.
 - Ué você quer transar comigo e depois deixar para lá? – Eu perguntei.
 - Você pensou a mesma coisa que eu? – Ele perguntou sorrindo.
 - Pensei ué, eu também estou bêbada. – Eu falei.
 - Você topa? – Ele perguntou.
 - Claro eu preciso de sexo também. – Eu falei sorrindo.
 - Então tá. – Ele falou.
 - Vamos para o meu quarto. – Eu falei me levantando e indo para o meu quarto.
 - Isso vai ser engraçado. – Ele falou rindo quando eu me sentei na cama.
 - O.k Niall tire a roupa para mim ver se vai ser legal ou não. – Eu falei tirando a minha camisa e ele tirou a dele.
 - Sério isso? – Ele perguntou.
- Uhum. – Eu resmunguei e ele tirou a camisa.
 - Tira tudo. – Eu falei.
 - Por que você não tira também? – Ele perguntou chegando perto de mim.
 - Niall, Niall, Niall... - Eu falei chegando perto dele. Cruzei meus braços em volta do seu pescoço, aproximei nossos rostos, já podia sentir sua respiração bem próxima do meu rosto então ele tomou a iniciativa de encostar nossos lábios e eu o beijei. Começamos um beijo rápido e com desejo. Nosso beijo se aprofundava a cada segundo. Eu nunca pensei que o Niall teria tanta pegada assim. Ele segurava minha cintura e me puxava para mais perto dele. Niall me fez cruzar as pernas em sua cintura, ele foi caminhando e me jogou na cama, em momento algum paramos o nosso beijo. Ele foi beijando meu pescoço e meu corpo estremeceu, Niall desceu seus beijos para o meu peito e soltou meu sutiã facilmente porque seu fecho é na frente. Niall beijou meu seio depois começou a chupa-lo como um bezerro desmamado.  Eu estava me excitando mais e mais e eu queria tê-lo naquele momento.
 - Niall... Anda logo... – Eu falei fraco e gemendo.
 - Calma... – Ele falou sorrindo malicioso e me olhando. Ele desceu seus beijos molhados pela minha barriga e abaixou meu short e voltou a me beijar. Ele tocava meu sexo ainda por cima da calcinha. Ele abaixou a minha calcinha e voltou a beijar minha barriga descendo novamente. Sem aviso algum Niall me penetrou um dedo e ele começou a movimenta-lo bem lentamente eu me contorci quando senti o toque de sua língua quente em meu sexo. Ele fazia aquilo tão bem e com bastante habilidade. Eu me contorcia e puxava os lençóis da minha cama.  Choques de prazeres passeavam pelo meu corpo e em poucos minutos eu cheguei ao meu orgasmo e mesmo assim ele não parou, meu corpo tremia entrando em transe.
 - Nunca pensei que você sabia fazer essas coisas. – Eu falei antes de dar um selinho nele.
 - Eu sei fazer mais e muito bem. – Ele falou sorrindo. – Só tem um problema, eu estou sem camisinha. – Ele falou.
 - Não goze em mim, depois eu faço uma coisinha. – Eu falei com cara de safada e ele entendeu muito bem.
                Niall começou a tirar sua calça e depois sua cueca, seu pênis estava pulsando ele estava com muito tesão. Niall abriu minhas pernas e me penetrou com muita força que eu gritei. Qualquer criança que visse aquilo saberia a força que ele estava me penetrando. Ele ia rápido, com força e a cada vez mais ele ia bem mais fundo. Niall gemia no meu ouvido e eu arranhava suas costas com um pouco de força. No inicio doía um pouco por conta da força do menino, mas depois eu só sentia muito prazer. Ficamos naquilo e eu logo gozei como nunca gozei na minha vida.
 - Agora você me deve uma coisinha. – Ele falou se deitando. Seu pênis ainda estava muito ereto e pulsante Niall poderia gozar só com um toque meu. Então eu segurei seu pênis e comecei a movimentar minha mão, para cima e para baixo muito lentamente, depois enfiei ele todinho em minha boca, o sugando passando minha língua por sua cabeça passava minha língua por todo seu comprimento e repetia todo o procedimento. Depois eu comecei a fazer movimentos de vai e vem e o Niall puxava meu cabelo com um pouco de força, e em pouco tempo ele gozou na minha boca e gemendo rouco.
 - Gostosa. – Ele falou sorrindo safado na cama.
 - Você que e gostoso. – Eu falei me deitando ao lado dele.

                Depois disso eu e o Niall rimos da nossa situação e dormimos bem assim pelados. 

____________________________________________________________

Participe do grupo no whatsapp me mande seu número pelo meu facebook ou pela minha ask, links aqui embaixo:

XoXo



Um comentário:

  1. QUE IMAGINE JESUS MORRRIIIIII PQP TU É MT BOA ME DEVE UMA CALCINHA NOVA SHAUSHAUS PARABÉNS

    ResponderExcluir